Post anterior

Afinal, o que é terapia?

A busca por uma psicoterapia é, muitas vezes, um momento delicado. Quem a procura está geralmente confuso, com uma mistura de sensações e sentimentos como ansiedade, tristeza, insatisfação. Muitas são as curiosidades e dúvidas acerca do assunto. O nosso objetivo é tentar refletir a respeito de algumas dessas questões mais frequentes.

A pergunta que mais nos fazem é se a terapia nada mais é do que uma boa conversa entre amigos. Com certeza a amizade é uma forma bonita e eficaz de apoio. Um amigo nos ajuda muito quando nos acolhe e nos mostra outras perspectivas sobre nossas questões. Mas e aqueles problemas que, por mais que se tente evitar, aparecem de novo? Comportamentos inadequados e difíceis de mudar? E aquela tristeza constante que aparentemente não tem motivo? Ou mais um relacionamento fracassado? Ou ainda aquelas questões que temos vergonha de contar até mesmo para um amigo?

O trabalho do psicólogo é auxiliar o paciente a entrar em contato com a sua própria história, sem críticas ou julgamentos. É um profissional preparado para ouvir, entender e intervir. A psicoterapia é um tratamento que busca a diminuição do sofrimento de quem a procura e que promove autonomia e qualidade de vida. Não é uma tarefa fácil! Para isso, o terapeuta e o paciente devem caminhar juntos, de mãos dadas para construir uma relação de confiança e segurança.

É, ao longo desse caminho, que o paciente passa a perceber mais claramente as relações em que está inserido, assim como os vínculos afetivos que construiu e que ainda constrói com sua família, amores, amigos, trabalho, etc. Enfim,  passa a enxergar melhor a sua volta e, inevitavelmente, começa a se perceber também de maneira diferente e mais franca. É o início de um processo de redescobertas e de maior autonomia emocional que só acontece quando há o intuito sincero e corajoso pelo auto-conhecimento e por uma vida mais livre.

Tem alguma dúvida sobre o assunto? Escreva para acaminhodamudanca@gmail.com que responderemos.

Marcela Pavan e Viviane Lajter

Written by Marcela Pimenta Pavan and Viviane Lajter Segal all rights reserved.

Anúncios
Esse post foi publicado em psicóloga copacabana, Psicologia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s