Respondemos você.

P: Olá Marcela, tudo bem? Encontrei seu blog por acaso quando joguei no google a seguinte pergunta: área mais promissora da psicologia. Bom, sou de Goiânia, tenho 26 anos. Sou formada em Administração. Mas primeiramente quero dizer que em 2007 fiz o 1º período de psicologia e comecei a trabalhar com meu pai ao mesmo tempo. Nisso eu acabei me envolvendo, trabalhando em áreas nada a ver com a psicologia e resolvi fazer reopção de curso para Adm. Confesso que hoje me arrependo amargamente!

Sempre quis psicologia. E todos diziam: o 1º período não serve de base pois é uma introdução a psicologia. Enfim…. Me formei. Fiquei 1 ano parada e agora retomei psicologia. Confesso que adm não é minha paixão e eu iria fazer outro curso, psicologia ou direito. O direito pelos concursos.

Só que fiquei com medo de cometer o mesmo erro fazendo Direito sendo que minha paixão desde sempre era/é Psicologia. Porém o que me preocupa é onde atuar. Pois todos dizem: psicologia não dá dinheiro. Áreas de atuação no mercado muito funilada e blablablabla

Penso eu que para ter sucesso profissional é estudar bastante, especializar, ter contatos…. essas coisas. Fazer seu nome. Mas na psicologia podemos dizer se existe uma área mais promissora ou devo por enquanto me desapegar nisso de: ganhar dinheiro na profissão e procurar crescer na área, mercado……

Obrigada pela atenção.

Aguardo.

R: Olá! Eu acredito em vocação, ou seja, um encontro entre as habilidades/talentos individuais e um trabalho que possibilite a realização das suas potencialidades profissionais. Há uma entrevista com a psicóloga Angelita Scárdua bem esclarecedora sobre o conceito de vocação que você poder ler clicando aqui .

As suas dúvidas e inseguranças são naturais, as mudanças são desafiadoras, mas também inevitáveis. Se há algo em você que sente a Psicologia como uma paixão, é importante olhar para isso e considerar essa escolha. A realização profissional é muito importante para a realização pessoal e a conquista do sucesso. Sugiro a leitura de um texto que escrevi que aborda precisamente essa questão Mudar é preciso!

A minha primeira formação foi Publicidade e Propaganda, trabalhei 10 anos como Publicitária e só depois tive a coragem para seguir a minha  vocação, administrei por algum tempo a Publicidade e a Psicologia para depois seguir somente com a Psicologia. Hoje vejo que ter percorrido esse caminho antes da Psicologia só me ajudou, viver outras experiências foi e é muito importante na minha atuação como Psicóloga.

É preciso fazer isso que você está fazendo, observar outros profissionais, criar estratégias, olhar para o que você gosta mas também para as oportunidades do mercado. Existe demanda para a psicologia, nesse mundo cada vez mais acelerado, as pessoas estão muito ansiosas e, muitas vezes, precisam de ajuda para lidar com as cobranças internas e externas, os relacionamentos, os filhos, o trabalho e etc. A Psicologia vem como um apoio, um processo de auto conhecimento que auxilia na conquista de uma vida mais equilibrada e com mais bem estar, ou seja, é natural que a procura por esse profissional aumente. Vejo uma demanda crescente que exige do profissional uma postura mais presente, criativa e flexível, sempre com responsabilidade. E também depende de qual área pretende seguir, se for a clínica é preciso um pouco mais de paciência até construir uma carreira e receber clientes com frequência. Outras áreas podem ter uma ascensão mais rápida, é o que mostra a revista exame que fez uma matéria com o título Freud explica: salário de psicólogo é o que mais subiu

Existem muitas possibilidades dentro da Psicologia, é preciso seguir um passo de cada vez. Primeiro entender essas possibilidades de atuação durante o curso, na sua própria faculdade ou fora dela. Escolher algumas áreas, fazer estágios, vivenciar e decidir o que lhe agrada. É importante também se aproximar de pessoas que podem te ajudar na escolha que fizer e usar a criatividade e a pro-atividade para se inserir no mercado.

Vale a pena seguir nossa vocação!

Um abraço

Marcela

Anúncios
Esse post foi publicado em escolha, profissão, psicóloga largo do machado, Psicologia, vocação e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s