Festas de fim de ano: momentos de reencontros

                                                                                                                  *Por: Viviane Lajter Segal

Chegamos ao final de mais um ano, período de aproximação, confraternizações e reflexões!

Tivemos um ano  bastante conturbado, em que as emoções estiveram à flor da pele em várias situações. Acompanhamos muitas amizades serem desfeitas, membros da família serem excluídos e uma sensação de hostilidade e intolerância perante o outro. Mas, o mês de dezembro é sempre um período em que paramos para refletir a respeito das nossas relações e sobre os nossos objetivos para o novo ciclo que se inicia.

Os sentimentos de gratidão e de afeto ficam mais presentes e desejamos estar com aqueles que amamos. Então, porque não pararmos para refletir se vale nos reaproximarmos daquelas pessoas que são importantes para nós, mas que por algum motivo se distanciaram ao longo desse período?

Reunião de família

Os encontros familiares possuem uma grande importância na nossa saúde emocional. Há um resgate dos laços afetivos, das nossas origens, da sensação de pertencimento e de acolhimento. Há troca de histórias, novidades, expectativas, olhar e de afeto.

Não me refiro aqui, necessariamente, as famílias compostas por pai, mãe e filhos, mas sim a um conceito mais amplo. Ou seja, de pessoas que fazem parte da nossa origem, do que somos e do que nos tornamos na vida, sejam elas quais forem. Geralmente, são elas que fornecem suporte emocional para lidarmos com os problemas que surgem no nosso percurso.

Aproveite a época e a estenda para o restante do ano

Sabemos que a vida está muito acelerada e que o tempo está cada vez mais limitado para realizarmos todas as atividades que precisamos ou desejamos. Com isso, acabamos deixando de lado momentos de prazer, de convívio familiar e de interação com amigos. Porém, quando nos damos conta de que mais um ano acabou e que estamos distantes daqueles que amamos, podemos fazer algo a respeito.

É possível se aproximar dessas pessoas ao longo do ano todo. Utilizar redes sociais, vídeos e telefonemas com mais frequência são algumas possibilidades. Manter o contato com alguém requer disponibilidade e certo esforço, é verdade. Porém, certamente possui recompensas muito gratificantes.

Para aqueles que escolheram se afastar de alguém amado, é importante parar para pensar na forma pela qual queremos nos relacionar. São escolhas que temos que fazer para viver melhor e com mais tranquilidade. Refletir, com sinceridade, se o motivo pelo qual fez você romper com uma pessoa tão especial, realmente foi tão grave a ponto de ser melhor mantê-la distante de sua vida.

O clima favorável para festas, encontros e amizade pode ser estendido para o ano inteiro e não se restringir a um pequeno período. Mesmo que haja distância física, geográfica ou emocional entre as pessoas. Somos seres relacionais e, como tal, precisamos trocar carinho e afeto para nos sentirmos mais plenos e queridos.

Desejo boas festas e um 2019 afetivo, amistoso e repleto de boas escolhas!

 

Foto: Every Stock Photo

 

* Viviane Lajter Segal, psicóloga clínica, especialista em família e casal, psicanalista em formação, CRP 05/41087. Contato: viviane@lajter.net ; Atendimentos: Copacabana/RJ e online em A Caminho da Mudança.

 

Written by Viviane Lajter Segal all rights reserved.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s